O que faço a respeito da indignação?

  • Entenda que existem razões para sua indignação.

  • Reconheça os momentos em que os intervalos podem ser necessários.

  • Tente não esconder os sentimentos de indignação. Conversar sobre seus sentimentos com outras pessoas permite que compreendam as razões de seu aborrecimento.

  • Reconheça os momentos em que sente a indignação e identifique a emoção associada a ela. Quando esses sentimentos não são reconhecidos, podem continuar a exercer efeitos negativos sobre você.

  • Explore as causas dos sentimentos de indignação.

  • Encontre alguém com quem possa conversar sobre seus sentimentos.

  • Entenda que existem razões para seu aborrecimento.

  • Às vezes, quando há indignação, abster-se da situação causadora do sentimento por um período curto de tempo pode ser de grande auxílio. Reconhecer quando uma situação está começando a ficar incontrolável é algo positivo e pode indicar a necessidade de um intervalo.

  • Evite discutir com outras pessoas com base em suas emoções.

  • Tente se colocar no lugar do outro indivíduo. Visualizar a situação a partir do ponto de vista de outrem pode ser de grande valia.

  • A indignação pode, de forma benéfica, motivá-lo a agir, a buscar mais informações ou a realizar mudanças positivas na vida. Tente usar esse sentimento para mudar para melhor.

  • Converse com um conselheiro ou com algum profissional de saúde mental quando os sentimentos de indignação persistirem e se continuar a se zangar com aqueles a sua volta.